Vamos conversar sobre: Redução da maioridade penal, eu não apoio!


Quem defende a não redução da maioridade penal, JAMAIS defende impunidade. Uma coisa não tem relação com a outra. Embora eu seja contra a redução da maioridade penal, eu nunca diria que um adolescente que comete crime não deve pagar por eles. Nem tampouco que ele não tem consciência. 

Mas por que sou contra a redução? Primeiro: isso não é a solução; o Brasil tem uma das maiores populações carcerárias do mundo e ainda assim é o 11º país mais violento do mundo. Segundo: na minha opinião (e que muitos discordam reproduzindo o discurso de que "bandido bom, é bandido morto") a função da cadeia é recuperar o indivíduo e reintegrá-lo à sociedade, e não vemos isso hoje (70% das pessoas que são presas no Brasil voltam a cometer novos crimes). Então se temos essa realidade porque jogar um jovem na prisão?

O país devia investir mais em educação e menos em prisão. A ordem das necessidades estão alteradas e a redução da maioridade não vai diminuir a violência, só vai fazer com que o adolescente se envolva mais ainda no mundo do crime estando com pessoas desse mundo. Numa prisão, o adolescente não terá como seguir exemplos e ficará a margem e sob o comando de vários criminosos mais velhos, que poderão inseri-los no crime organizado, por exemplo.

O adolescente deve ser responsabilizado sim, afinal ele não é nenhum inocente a ponto de não saber que matar e roubar é errado. Por isso seria bem mais fácil e mais ''econômico'' pro governo, reformular o sistema da Fundação Casa a fim de receber esses jovens delinquentes e conseguir com que os mesmos saiam da vida do crime. Redução não é a solução para esse momento. Reduzindo agora para 16 anos, logo reduzirão para 14, 12, 10 e sabe se lá qual idade. O ciclo já está formado, em relação a violência, e a redução não acabará com ele.


Esse texto faz parte do projeto ''Vamos conversar sobre?'' e foi escrito com a ajuda das opiniões de leitores do blog.

Compartilhe:

, ,

Comentários

0 comentários:

Postar um comentário